"Se V. possui uma renda tenerife antiga, achou um bastidor ou uma toalhinha no baú, compartilhe essa preciosidade com outros interessados e rendeiras. Entre em contato conosco para obter com o mediador as instruções para ser co-autor do MUSEU VIRTUAL e fazer um post com sua peça. Ou mande a foto que faremos a postagem em seu nome"

"Si tiene un antiguo encaje de tenerife, has encontrado un cojin o un mantelito en el baúl, comparta esta joya con encajeras y otros interesados. Póngase en contacto con nosotros para obtener las instrucciones con el mediador y hacer un "post" con su pieza como coautor del MUSEO VIRTUAL. O envia una foto que se publicará en su nombre."

"If you have an old tenerife lace, found a rack or a small doillie in the family chest, share this preciousness with other parties concerned and lace-making. Please contact us to obtain with the mediator the instructions to be co-author of the VIRTUAL MUSEUM and make a post with your play. Or send us a photo and we will make posting on your behalf."

domingo, 25 de novembro de 2012

Do baú de Sonia Bianco




A peça é do acervo da bordadeira SONIA BIANCO (clique para visitar a página do facebook) e pertence, em verdade, ao baú do enxoval de sua mãe, Da. Ivany de Oliveira Marchioni.


Da. Ivany, nasceu em 18/05/1922 em Jurema, mas ainda menina mudou-se com a família para Vera Cruz/SP. De pais portugueses e severos, morando numa pequena cidade em que só houvesse ensino primário, apenas aos filhos homens foi permitido estudar fora. A contrapartida foi que os pais não pouparam esforços para oferecer à moça todo tipo de aulas tais como bordado em linho, frivoleté, crochê, tricô e, entre ainda outras artes manuais, a renda tenerife, ou nhanduti, como é conhecida. 
Esses trabalhos foram feitos na década de 40,  já que eram parte do enxoval de seu casamento, que ocorreu em 1944. São  jogos de  toalhinhas para enfeitar os móveis (geralmente o pichiché, tipo de penteadeira art-deco) do quarto feminino composto por peças que, no caso, variam entre aproximadamente 25 e 18 cms de diâmetro.








Comentário nosso: o ensino da renda tenerife ou nhanduti  integrou as aulas de trabalhos manuais  das escolas dos centros urbanos no Brasil das décadas 1940/60. Ainda  segundo o que apuramos nos depoimentos coletados informalmente nestes quase 8 anos de pesquisa sobre a renda,  a tecelagem era ensinada como trabalho de agulha (renda de agulha) realizada sobre uma trama radial montada em pequenos bastidores de madeira.

Nenhum comentário: