"Se V. possui uma renda tenerife antiga, achou um bastidor ou uma toalhinha no baú, compartilhe essa preciosidade com outros interessados e rendeiras. Entre em contato conosco para obter com o mediador as instruções para ser co-autor do MUSEU VIRTUAL e fazer um post com sua peça. Ou mande a foto que faremos a postagem em seu nome"

"Si tiene un antiguo encaje de tenerife, has encontrado un cojin o un mantelito en el baúl, comparta esta joya con encajeras y otros interesados. Póngase en contacto con nosotros para obtener las instrucciones con el mediador y hacer un "post" con su pieza como coautor del MUSEO VIRTUAL. O envia una foto que se publicará en su nombre."

"If you have an old tenerife lace, found a rack or a small doillie in the family chest, share this preciousness with other parties concerned and lace-making. Please contact us to obtain with the mediator the instructions to be co-author of the VIRTUAL MUSEUM and make a post with your play. Or send us a photo and we will make posting on your behalf."

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

DO BAÚ DE SILVIA MONTALEONE


Silvia Montaleone é interessada em renda e fez um curso com o Nhanduti de Atibaia. Foi quando nos falou da mantilha preta de sua mãe. Foi atrás e nos trouxe a peça para compartilharmos na web.

A mantilha foi tecida com linha tipo mercer crochet 60, suas dimensões máximas são 125cm x 40cm

A família lembra que a peça teria sido comprada pelo marido, meu pai, provavelmente numa viagem. Ele viajava muito a serviço do Banco do Brasil, que analisava negócios em vários lugares do Brasil e arredores.
Silvia acredita que date do final dos anos 50, inicio dos 1960, pois "...  me lembro desta mantilha desde que eu era criança. Me lembro dela "desde sempre”.

Nenhum comentário: