"Se V. possui uma renda tenerife antiga, achou um bastidor ou uma toalhinha no baú, compartilhe essa preciosidade com outros interessados e rendeiras. Entre em contato conosco para obter com o mediador as instruções para ser co-autor do MUSEU VIRTUAL e fazer um post com sua peça. Ou mande a foto que faremos a postagem em seu nome"

"Si tiene un antiguo encaje de tenerife, has encontrado un cojin o un mantelito en el baúl, comparta esta joya con encajeras y otros interesados. Póngase en contacto con nosotros para obtener las instrucciones con el mediador y hacer un "post" con su pieza como coautor del MUSEO VIRTUAL. O envia una foto que se publicará en su nombre."

"If you have an old tenerife lace, found a rack or a small doillie in the family chest, share this preciousness with other parties concerned and lace-making. Please contact us to obtain with the mediator the instructions to be co-author of the VIRTUAL MUSEUM and make a post with your play. Or send us a photo and we will make posting on your behalf."

5 de dez. de 2020

PROJETO PORTINARI : MEMÓRIA NACIONAL

Resgate da obra de Portinari para "colocar a obra do artista a serviço da tarefa maior de busca da nossa identidade cultural e preservação da memória nacional."



Nos anos 70, 
João Candido Portinari se voltou para a obra de seu pai ao ver que a memória dele estava sendo esquecida meros 17 anos após a morte do pintor e fundou em 1979, dentro da PUC-RJ, 
o Projeto Portinari.


PORTAL WWW.PORTINARI.ORG.BR

Até essa época mais de 95% da obra do pintor estava fora do acesso público e não se conhecia o paradeiro da maioria das obras a ponto do "Museu de Arte Moderna de Nova York possuír mais informações sobre Portinari do que todas as instituições brasileiras reunidas.", de acordo com o fundador.

Os primeiros 25 anos foram dedicados a busca das obras do artista nacional e internacionalmente. Foram reunidas em torno de 5.400 obras (em 2000, 200 obras eram consideradas falsas e 500 não foram localizadas), 25 mil documentos e ainda um Programa de História Oral de 130 horas de entrevistas posteriormente digitalizadas e um Catálogo Raisonné, cujo fundador do projeto afirma ser o primeiro de um artista em toda a América Latina.

Atualmente todo esse material está disponível no PORTAL PROJETO PORTINARI (www.portinari.org.br ) e no Google Culture & Arts (Portinari: o pintor do povo).


GOOGLE CULTURE & ARTS

Após a fase de catalogação, o projeto passou a fazer atividades educacionais, principalmente voltadas à criança e o jovem.






POEMAS DE PORTINARI
EDICÃO ON LINE DA FUNARTE: CLIQUE AQUI 


13 de ago. de 2020

                    
Essas toalhas são possivelmente dos anos 50-70 e, também possivelmente da m/região, S.Paulo e arredores. Tive contato com elas em 2005, quando estava no começo minha pesquisa informal sobre o Nhanduti ou Renda Tenerife. 
Foram emprestadas por uma família residente em Atibaia, via uma amiga comum que conhecia meu então recente interesse pelo Nhanduti, para fotografar. Eu tirei cópias xerox coloridas, diretamente em contato com a tela da máquina. Por isso a maior ficou cortada.  Infelizmente perdi as demais referências sobre o empréstimo.
Elas têm uma série de similaridades com outras peças da ápoca que nos anos posteriores fui conhecendo. E temo que hoje, possivelmente, ela já tenha ido para o lixo da familia que me emprestou. 
Por isso desde 2011 mantenho esse MUSEU VIRTUAL DA RENDA TENERIFE, onde, entre outras condutas para manter ao menos o visual de peças que estão em vias de se perder, posto fotos de peças de Nhanduti dos baús das famílias. 
 Pelo mesmo motivo sou defensora e vivo pedindo para as pessoas doarem as peças para colecionadores e colecionadoras!

6 de jul. de 2020

Deshilados y Soles en Cuba



Urdimbre  es un proyecto conformado por hombres y mujeres, muchas jefas de hogar, artesanas(os) quienes bordan, tejen y confeccionan a mano la lencería, bisutería, prendas de vestir que pueden adquirir en la tienda, directo de manos de los artesanos al consumidor. Hay muchas manualidades pero voy poner videos de deshilados y vainicas y soles antiguos muy exquisitos!! Ei video es pequeño pero los soles son estupendos!

                        Visitelas : fonte: https://www.facebook.com/search/top?q=urdimbre


Artesãos Adrian Carmona e Julieta Guevara

28 de jun. de 2020

REVISTA TARO

Compartilho aqui a Revista Taro, Revista Digital do Patrimonio Histórico Cultural de Arona, Ilhas Canárias. Fico encantada com o cuidado que o Poder Publico ali dedica ao Patrimonio Cultural.
No número 2 dois artigos falam das Rosetas Canárias, os Soles tradicionais das Ilhas Canárias. Um, da pesquisadora Ana Sonia Fernández Alayón, traz as “OPCIONES LABORALES DE LA MUJER EN LA ARONA AGRARIA (1900-1970): MUJERES EMPRENDEDORAS DEL SIGLO XX”. O outros é de nosso colega e parceiro Mestre Rosetero Antonio Rodriguez Ruiz, “MI INFANCIA FUE ENTRE PIQUES, AGUJAS E HILOS”.



18 de mar. de 2020

Contribuição da Prof.Irene Mauzer





                          A Prof. Irene Mauzer começou a bordar cedo e também a ensinar várias técnicas de fios e em suas amplas utilizações, estando na atividade há mais de 20 anos. Além de cursos presenciais, fez aulas em vários programas de TV e foi assim, ensinando nhanduti na televisão que a conheci há mais de dez anos. 

                           Criativa, junto com o marido desenhou um bastidor de madeira com pequenos pregos para fazer nhanduti. Pesquisadora da técnica que sou, comprei para o meu acervo de instrumentos para tecer o bastidor sua engenhosa peça.
Prof. Irene Mauzer à direita

O engenhoso bastidor da Prof. Irene
                        Mas só fui conhecê-la este ano, incentivada pela aluna e artesã Nilza Bezerra que já tinha contato com ela. Há um tempo nos prometíamos nos encontrar e isso aconteceu na exposição Entremeadas.

                                 Nesse dia ganhei dela, entre outros mimos, uma pequena toalha de Renda Tenerife. Renda Tenerife exatamente como era tecida no início do século XX, padrão de tecelagem no qual Nhanduti de Atibaia se inspirou em seu trabalho de resgate. Então a renda era conhecida também por Brazilian Point Lace e era tecida com linha fina, sempre em módulos redondos, que eram depois unidos com uma outra renda de agulha, formando pequenas aranhas.




Copyright © MUSEU VIRTUAL DA RENDA TENERIFE.Todos os direitos reservados - All Rights Reserved.
Nhanduti de Atibaia