"Se V. possui uma renda tenerife antiga, achou um bastidor ou uma toalhinha no baú, compartilhe essa preciosidade com outros interessados e rendeiras. Entre em contato conosco para obter com o mediador as instruções para ser co-autor do MUSEU VIRTUAL e fazer um post com sua peça. Ou mande a foto que faremos a postagem em seu nome"

"Si tiene un antiguo encaje de tenerife, has encontrado un cojin o un mantelito en el baúl, comparta esta joya con encajeras y otros interesados. Póngase en contacto con nosotros para obtener las instrucciones con el mediador y hacer un "post" con su pieza como coautor del MUSEO VIRTUAL. O envia una foto que se publicará en su nombre."

"If you have an old tenerife lace, found a rack or a small doillie in the family chest, share this preciousness with other parties concerned and lace-making. Please contact us to obtain with the mediator the instructions to be co-author of the VIRTUAL MUSEUM and make a post with your play. Or send us a photo and we will make posting on your behalf."

domingo, 14 de janeiro de 2018

Do baú da Ema Bordignon


 

                 A peça tem cerca de 33 cm de diâmetro e foi feita pela artesã Ilda Maria Ferrari Bordignon (1922-2013) possivelmente nos anos 1940. Ilda Maria viveu no sul do Brasil, entre os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. 
                   Como a maioria das moças solteiras da época, foi educada nas várias artes manuais, “costura , tricô , crochê até com fio de carretel, nhanduti e pintava em nó de Pinho!” conta sua filha, Ema Luiza Bordignon, que está compartilhando conosco seu baú e seu amor de filha. “Depois [que ela] casou, em 1945, continuou com as artes . Dona de casa e mãe de dois filhos,  nunca parou com os artesanatos! ...Era muito doce com as pessoas !

A peça branca, um lenço de seda de cerca de 21 X 21 cm Ema Bordignon ganhou de uma comadre e pertenceu a Joana Coutinho Gardolinski, que a teria comprado, cogita-se, nos anos 1950.
Copyright © MUSEU VIRTUAL DA RENDA TENERIFE.Todos os direitos reservados - All Rights Reserved.
Nhanduti de Atibaia